Filed under mãe

Then you become a mother

“You think that true love is the only thing that can crush your heart….The thing that will take your life and light it up…Or destroy it. Then you become a mother.” ~ Meredith Grey, Grey’s Anatomy Algumas amigas que ainda não tem filhos me perguntam, frequentemente, como é ser mãe. As mais corajosas até arriscam … Continue lendo

Pediatra: confie desconfiando

Eu me achava uma mãe super informada. Sempre li muita coisa, queria saber de tudo. No final das contas, como já contei pra vocês, eu fui a última a notar que tinha algo de diferente no Theo. Via de regra, o que acontece é que deixamos tudo para o pediatra. Confiamos naqueles seis anos de … Continue lendo

In my “son’s” eyes

A música original é “In my Daughter’s Eyes”, da Martina McBride. Sinto muito, Martina. Mas eu poderia ter escrito isso pro Theo (cof, cof). É assim que eu me sinto. Então, vou me apropriar da letra e trocar todos os “daughter” por “son”, os “she” e “her” por “he” e “him”. E aí está! In … Continue lendo

Theo: o primeiro ano

Theozão nasceu no dia 9 de Junho de 2008, às 11:28 da manhã, de cesariana na maternidade São Luiz. Pesava 3,900 kgs (uh!) e media 53 cm (UH!). Todos os exames iniciais deram normais, inclusive o Apgar e o do pézinho. O bonitão não coube em suas roupinhas tamanho recém nascido. Vejam o tamanho do … Continue lendo

“Pupa, pupa, pupa, lagarta vira pupa” (Cocoricó)

“Pupa, pupa, pupa, lagarta vira pupa” (Cocoricó)

Quando o meu filho, Theo, tinha um aninho, ele adorava cantar algumas músicas, principalmente as do Cocoricó. Sua favorita era a da “Metamorfose da Borboleta”. A borboleta, inclusive, era o bicho favorito dele nessa época. Cantávamos uma frase e ele continuava: – (Eu): “Até o nome ela mudaaaa…” – (Theo): “…pupa, pupa, puuupaaa” E a … Continue lendo